Produção de maracujá agroecológico em Dourados bate a média nacional

O Programa de Produção de Maracujá Agroecológico implantado pela Secretaria Municipal de Agricultura Familiar em Dourados já bate a média de produção nacional

A informação é do secretário municipal de Agricultura Familiar, Junior Bittencourt. Ele diz que enquanto a média nacional de produção do maracujá convencional, segundo dados da Embrapa, é de 8 quilos por pé, o maracujá agroecológico cultivado em Dourados já bateu a marca de 30 quilos por pé.

Ainda de acordo com Bittencourt, atendendo recomendação da prefeita Délia Razuk, a Secretaria de Agricultura Familiar incrementa a ação e segue implantando o programa de produção do maracujá agroecológico nos distritos, com excelentes resultados.

“É algo a ser comemorado, já que a experiência, além de exitosa, está fomentando economicamente o setor produtivo e estimulando a participação de novos interessados no programa. Estamos colhendo bons frutos”, afirma Junior Bittencourt.

Nessa semana, a Secretaria de Agricultura Familiar iniciou a implantação de um novo parreiral de maracujá agroecológico no Assentamento Amparo, no distrito de Itahum, que conta com a adesão de vários produtores rurais.

 

Divulgação/Semaf

Produção de maracujá em Dourados já supera a média nacional

Comentários