Vereadores prestigiam entrega do prédio da Unidade da Mulher e da Criança no HU

Os vereadores de Dourados prestigiaram na manhã desta segunda-feira (8), o ato de entrega do prédio da Unidade da Mulher e da Criança (UMC)

Os vereadores de Dourados prestigiaram na manhã desta segunda-feira (8), o ato de entrega do prédio da Unidade da Mulher e da Criança (UMC). A moderna estrutura fica anexa ao Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e demandou investimentos superiores a R$ 37,4 milhões.

O ato de entrega do novo prédio contou com a presença do ministro da Educação, Milton Ribeiro, do presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), General Oswaldo Ferreira; do prefeito Alan Guedes e pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. Além deles, os senadores Nelsinho Trad e Soraya Thronicke.

Da Câmara, prestigiaram o evento de entrega da nova estrutura do SUS (Sistema Único de Saúde) no município o presidente do Legislativo Laudir Munaretto (MDB) e os vereadores Cemar Arnal (Solidariedade), Liandra da Saúde (PTB), Daniela Hall (DEM), Fabio Luis (Republicanos), Diogo Castilho (DEM), Sérgio Nogueira (PSDB), Jânio Miguel (PTB) e Daniel Júnior (Patriota).

Conforme Laudir Munaretto, a nova unidade será importante instrumento para melhorar a qualidade da saúde pública de Dourados, oferecendo um atendimento especializado às mulheres e crianças do município e de toda região. "Sabemos o quanto a nossa saúde precisa de investimentos e melhorias. Essa moderna estrutura vai ser muito importante para nossa população e representa um grande avanço no atendimento às mulheres e crianças de Dourados. Precisamos que essa unidade comece a funcionar o mais rápido possível", destacou.

A unidade tem mais de 7 mil metros quadrados, distribuídos em três pavimentos. Com a parte física concluída, o HU-UFGD trabalha agora para garantir os recursos necessários para equipar a unidade. Até o momento, o equipamento necessário para o início dos atendimentos foi adquirido parcialmente.

Quando colocada em funcionamento, a UMC terá um Pronto Atendimento Pediátrico, com sete leitos de observação/emergência. Para as mulheres e gestantes, estão previstos um Pronto Atendimento Ginecológico e Obstétrico com oito leitos de observação/emergência, uma Clínica Obstétrica (maternidade) com trinta e cinco leitos de internação, um Centro Obstétrico com quatro salas cirúrgicas e cinco leitos de observação. Um dos diferenciais do prédio é o Centro de Parto Normal, com cinco quartos de internação PPP (pré-parto, parto e puerpério imediato).

Foto: Valdenir Rodrigues

Legenda: Vereadores de Dourados ao lado do ministro da Educação, Milton Ribeiro, do prefeito Alan Guedes e do secretário estadual Geraldo Resende

 

 

Comentários