Reajuste salarial para profissionais do magistério é aprovado na Câmara de Dourados

O projeto, constante da Lei Complementar nº 118/2007, foi votado em única discussão, e aprovado em regime de urgência

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (11), foi aprovado o Projeto de Lei Complementar nº 021/2018, do Poder Executivo, que dá reajuste no piso salarial dos servidores ocupantes dos cargos de carreira de profissionais do magistrado do município.

O projeto, constante da Lei Complementar nº 118/2007, foi votado em única discussão, e aprovado em regime de urgência.

Também, em regime de urgência foi aprovado o Projeto de Lei nº 091/2018, de autoria dos vereadores Idenor Machado (PSDB), Braz Melo (PSC) e Bebeto (PR), que denomina Praça Norton Wentura Saldivar o espaço público em frente à Colônia Paraguaia, onde está o Monumento ao Ervateiro.

Em segunda discussão e votação, foi aprovado o Projeto de Lei Complementar nº 020/2018 (013), de autoria do Poder Executivo, que altera dispositivos na Lei Complementar nº 245/2014, que autoriza a criação da Fundação de Serviços de Saúde de Dourados e dispõe sobre a contratação de serviços no âmbito do Sistema Único de Saúde.

O Projeto de Lei nº 078/2018, de autoria dos vereadores infra-assinados, que dispõe sobre denominação das ruas consagradas do distrito de Vila São Pedro, foi discutido e aprovado por unanimidade.

De autoria da vereadora Daniela Hall (PSD), foi aprovado o Projeto de Lei nº 089/2018, que inclui no calendário oficial de eventos do município o tradicional "Jantar Dançante da Associação Anjos do Senhor – AAS", a ser realizado anualmente no mês de agosto.

Legenda: Os vereadores votaram projetos durante sessão ordinária

Foto:Thiago Morais

 

Comentários