Por conta própria, cobrador de ônibus aprende Libras para poder conversar com passageiros

Cobrador aprende Libras para atender passageiros surdos

Gabriel Pinheiro - Foto: Paulo Rossi/DP
Por conta própria, cobrador de ônibus aprende Libras para poder conversar com passageiros

Um cobrador de ônibus deu o exemplo e aprendeu Libras, a língua brasileira de sinais, para tratar melhor e entender as necessidades de seus passageiros.

Gabriel Pinheiro da Fonseca, 24 anos, cobrador da empresa de ônibus Laranjal, em Pelotas, Rio Grande do Sul, aprendeu Libras sozinho, estudando na internet.

Gabriel conta que achava “chato” não ter como conversar com passageiros surdos dentro do coletivo.

Gabriel foi para o YouTube e encontrou canais com vídeos especializados no ensino de Libras.

Aos poucos foi entendendo sobre a coisa toda.

Dentro do ônibus, seu local de trabalho, ele começou a praticar os sinais com ajuda dos passageiros, já que não é amigo nem familiar de nenhuma pessoa surda.

“Eles ficam surpresos quando eu respondo usando Libras”, fala.

Comentários