Projeto Horta Escolar Agroecológica nos distritos já colhem bons frutos

O projeto é desenvolvido pela Semaf, juntamente com a Secretaria Municipal de Educação

Foto – Semaf
Projeto Horta Escolar Agroecológica  nos distritos já colhem bons frutos
Produção de hortaliças tem acompanhamento técnico nas escolas da zona rural de Dourados

Uma sugestão da prefeita Délia Razuk, acolhida pela Semaf (Secretaria Municipal de Agricultura Familiar), o projeto Horta Escolar Agroecológica foi colocada em prática nos distritos rurais de Dourados e já vem oferecendo resultados altamente positivos.

O projeto é desenvolvido pela Semaf, juntamente com a Secretaria Municipal de Educação e a direção escolar e tem como objetivo produzir alimentos saudáveis para atender toda a comunidade escolar, além de orientar, com apoio de nutricionista, via palestra, sobre a importância de uma boa alimentação.

A Escola Municipal Padre Anchieta, no distrito de Vila Formosa, é um bom exemplo de que o projeto está dando certo. Lá a Semaf disponibilizou apoio agronômico, projeto de produção, mudas e acompanhamento técnico periódico.

Hoje a escola já está produzindo hortaliças diversas e também o maracujá azedo agroecológico. "Em tempos de pandemia, cuidar das pessoas também é apoiar na produção de alimentos, proporcionando a oferta de produtos saudáveis para o consumo da população, neste caso, a comunidade escolar", menciona o secretário da Semaf, Alceu Junior Bittencourt.

 

 

Comentários