Projeto de Marçal que beneficia idosos é aprovado

Éder Gonçalves
Projeto de Marçal que beneficia idosos é aprovado
Marçal diz que municípios precisam estar preparados para atender população idosa

Inclusão é a palavra que norteia o Programa Melhor Idade Capacitada criado pelo vereador Marçal Filho (PSDB). Aprovado em primeira votação na Câmara Municipal, o projeto tem como proposta oferecer às pessoas acima de 60 anos de idade, oportunidades para se reciclarem profissionalmente ou aprenderem novos ofícios.

 

Atividades ligadas à informática entre outras áreas que tenham como foco agregar novos conhecimentos são metas do Programa, para que o idoso possa melhor enfrentar a realidade do mercado de trabalho. O projeto segue para segunda votação. Aprovado, segue para ser sancionado pela prefeitura.

 

De acordo com o projeto, fica a critério da Prefeitura de Dourados a celebração de convênios com entidades educacionais públicas e privadas e entidades não governamentais no sentido de oferecer mão de obra necessária para o desenvolvimento do Programa, que deverá ter caráter permanente e continuado.

Cada vez mais o mercado de trabalho tem sido exigente na hora da contratação.

 

Os quem mais encontram dificuldades são os jovens, em busca do primeiro emprego, e os idosos, por uma série de empecilhos, como o preconceito. "Cobram dos jovens a falta de experiência e dos idosos, acreditam que não são capazes de executar funções ou possuem experiência demais", disse o vereador ao propor o projeto na Câmara.

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, ao longo dos anos, aumenta consideravelmente o número de pessoas idosas no Brasil. Diante dessa realidade, segundo Marçal, os municípios precisam estar preparados para atender esse público em todas as áreas, da saúde ao mercado de trabalho.

 

Programas e ações baseados no envelhecimento ativo, para o vereador, precisam promover tanto a melhoria da saúde e relações sociais, como também as condições físicas para manter a autonomia e independência das pessoas que envelhecem.

Comentários