Prefeitura realiza dinâmica para disseminar conhecimento sobre o Banco de Alimentos

Ao participar, o produtor cadastrado recebe assistência da Semaf e, em contrapartida, destina parte da produção ao Banco de Alimentos

A Prefeitura de Dourados, através do Banco de Alimentos da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, realiza nesta terça-feira (18), a partir de 8h30 no pátio do Centro Administrativo Municipal a dinâmica “Banco de Alimentos em Ação”.  O evento consistirá em um mutirão de distribuição de alimentos às entidades filantrópicas cadastradas para receber parte da produção no contexto das parcerias da Semaf com produtores da agricultura familiar.

“Será uma boa oportunidade para que agricultores e entidades que ainda não participam do programa, conheçam a dinâmica do Banco de Alimentos. Teremos uma atividade de distribuição com polo no Centro Administrativo Municipal. Uma grande ação para liberar o estoque”, disse o secretário interino de Agricultura Familiar, Junior Bittencourt.

O Banco de Alimentos atende as necessidades da agricultura familiar, das entidades assistenciais e do fomento à alimentação de qualidade com pelo menos 2 mil famílias assistidas indiretamente, já que a entrega de hortaliças, legumes e frutas é feita às instituições que atendem estas famílias.

“Nesta terça-feira vamos fazer uma grande ação com a contribuição também das entidades, expondo o trabalho com as centenas de caixas de alimentos que serão levadas às instituições”, reiterou Dalton Santos, diretor do Banco de Alimentos.

O secretário Junior Bittencourt, destaca o Banco de Alimentos de Dourados como uma ferramenta de promoção à agricultura familiar que precisa ser conhecido. “O ‘Banco de Alimentos em Ação’ é uma maneira de mostrar o trabalho intenso da Semaf e os frutos disso tudo”, disse.

Ao participar, o produtor cadastrado recebe assistência da Semaf e, em contrapartida, destina parte da produção ao Banco de Alimentos. Na outra ponta, as entidades que necessitam dos alimentos, também cadastradas, recebem os produtos.

 

Foto: Divulgação/Semaf

Comentários