Prefeita Délia visita projeto paralímpico no Douradão

Assecom
Prefeita Délia visita projeto paralímpico no Douradão
Prefeita Délia Razuk e secretário de Educação Upiran Gonçalves no Projeto Paralímpico de Dourados

A prefeita Délia Razuk esteve na tarde desta terça-feira (10) no Estádio Douradão, visitando o Projeto Paralímpico de Dourados, que conta hoje com 60 alunos. São atletas com diversos tipos de deficiências que buscam a superação por meio do esporte.

Délia estava acompanhada do secretário municipal de Educação, Upiran Jorge Gonçalves e do diretor presidente da Funed (Fundação de Esportes de Dourados) Jânio César da Silva Amaro, à qual o projeto está ligado.

A prefeita conversou com vários alunos e com o coordenador do projeto, professor Antônio Pietramale e foi informada que na próxima quinta-feira, 13 atletas do grupo paralímpico de Dourados estarão em Goiânia para a disputa da etapa centro-leste do circuito Brasil Loterias Caixa.

Pietramale disse que a cidade estará bem representada no evento porque possui atletas medalhistas em outras competições de nível nacional. Ele citou que o projeto tem 45 alunos no atletismo, dez na bocha adaptada e cinco no basquete de trinca escolar.

O professor comentou ainda que a procura pelo projeto tem crescido bastante. Segundo ele, só neste ano, pelo menos sete mulheres que tiveram uma das pernas amputadas por acidente de moto foram inscritas e estão se adaptando para competições.

Por conta da procura, a prefeitura está levando esse trabalho para a reserva indígena. "No próximo dia 5 de maio estaremos iniciando o projeto paralímpico e olímpico entre os índios, utilizando o espaço da Vila Olímpica, localizada na aldeia Bororó", informou o professor. 

Délia, que já esteve outras vezes na sede do projeto, parabenizou a equipe pelo trabalho em prol da superação, destacou a importância de ações como essa e desejou boa sorte àqueles que estarão representando Dourados em Goiânia, no próximo mês de maio.

Comentários