Ashton Kutcher salvou milhares de crianças do tráfico humano

A organização que antes era chamada de fundação DNA foi iniciada em 2009 com Demi Moore para tentar travar o enorme mercado que explora as crianças para o sexo

O nome Ashton Kutcher é sinônimo de atuação e sua enorme base de fãs indica que ele não é um ator comum, mas um com quem contar. O ator que tem um grande número de fãs irá definitivamente aumentar esse número com o novo papel que ele está comprometido; o de ajudar as vítimas do tráfico de seres humanos.

A organização sem fins lucrativos de Kutcher, Thorn: Defensores Digitais de Crianças, da qual sua ex-mulher, Demi Moore, é co-fundadora, deu um enorme salto ao ajudar as vítimas do tráfico de pessoas. Os esforços da organização foram tão eficazes que, com a ajuda deles, a polícia conseguiu identificar 5.894 vítimas de tráfico sexual infantil. 103 crianças também foram resgatadas de situações graves de abuso sexual em 2017.

A organização que antes era chamada de fundação DNA foi iniciada em 2009 com Demi Moore para tentar travar o enorme mercado que explora as crianças para o sexo. Kutcher percebe que esta grave questão inchou em proporções gigantescas nos últimos anos por causa da internet.

“O que fazemos em nosso núcleo é construir tecnologia para ajudar a combater a exploração sexual de crianças”, continuou ele. “Você pode arregaçar as mangas e tentar ser como um herói e salvar uma pessoa, ou você pode construir uma ferramenta que permita a uma pessoa salvar muitas pessoas.”

Ele também contou os horríveis incidentes de crianças menores de dez anos que foram estupradas e o conteúdo compartilhado no submundo da Internet. O Departamento de Segurança Interna também procurou ajuda de sua organização para tentar localizar o autor de uma vítima de sete anos que eles tentavam capturar nos últimos três anos.

Comentários