Jornalistas cobram, mas até então, placa do saudoso Xavier continua desaparecida

Segundo consta ela seria recolocada no final de semana, após o assunto ter gerado muita polêmica nos grupos de Whatsapp...

João Pires
Jornalistas cobram, mas até então, placa do saudoso Xavier continua desaparecida
Placa inaugurada na antiga Casa da Imprensa, em maio de 2014 em homenagem ao jornalista Claudio Xavier

A placa que leva o nome do saudoso jornalista Claudio Xavier, que teria sido retirada para reforma da antiga Casa da Imprensa, localizada no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, ainda não apareceu, apesar de quatro dias do inicio da 54ª Expoagro.

 Segundo consta ela seria recolocada no final de semana, após o assunto ter gerado muita polêmica nos grupos de Whatsapp “Jornalista do MS” e “Amigos da Imprensa”, em torno inclusive do fim do espaço, hoje ocupado pelo curso de Publicidade e Markentig da Unigran.

O Estado Noticias conversou na sexta-feira passada com o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lucio Damalia. Segundo ele a placa alusiva ao jornalista Claudio Xavier, foi retirada sem o conhecimento da diretoria do Sindicato.

 Ele se comprometeu em averiguar o fato e repudiou a remoção da peça. “Se foi retirada, foi sem o meu conhecimento. Eu jamais iria concordar com isso, considerando a família e a história do Xavier no próprio Sindicato Rural de Dourados”, afirmou.

 Xavier;

 Claudio Roberto Xavier Engler, o Gaúcho, como era conhecido, morreu no dia 12 de fevereiro de 2014, aos 59 anos, trabalhou no Jornal Diário MS desde o ano de 1997 até 2013, onde era editor do caderno “Diário do Campo”.

 A Casa da Imprensa organizada pelo Clube de Imprensa de Dourados e que leva o nome de Xavier, até o ano passado era utilizado pelos profissionais da imprensa que se reuniam no período que antecede a Expoagro.

Comentários