Foi dado inicio ao projeto que leva mais qualidade de vida às gestantes

"Cuidar e Gestar" é o projeto que tem início nesta terça-feira (11) nos Cras (Centro de Referência da Assistência Social) em Dourados

"Cuidar e Gestar" é o projeto que tem início nesta terça-feira (11) nos Cras (Centro de Referência da Assistência Social) em Dourados. A ação voltada para as gestantes é estruturada pela Prefeitura, por meio da Semas (Secretaria Municipal de Assistência Social) e visa levar mais qualidade de vida às mulheres nesta fase e às com filhos de até seis meses de idade.

As mulheres que freqüentam os serviços do PAIF (Proteção e Atendimento Integral à Família) serão convidadas para se inscrever na ação, conforme demanda de cada Cras.

Encontros às terças-feiras, a partir das 13h, acontecerão dentro do projeto com ações e dinâmicas com direcionamentos multiprofissionais, preventivas e educativas no intuito de melhorar a saúde, bem-estar e qualidade de vida das participantes e, conseqüentemente, dos seus bebês.

"Vamos prestar apoio a essas mulheres em um momento cheio de novidades, muitas vezes rodeado por inseguranças; nosso objetivo é incentivá-las, instruí-las. Será um importante diferencial para estas mães, dentro do encaminhamento da Semas e da prefeitura, de fortalecer a função de proteção das famílias", destaca Michele Alves Machado, diretora da Proteção Básica da Semas

Os encontros têm início nesta terça-feira (11), às 13h, simultaneamente nos Cras Central, do Parque do Lago e Cachoeirinha. Entre os temas abordados estão cuidados com o recém-nascido, amamentação e vacinação e exames e cuidados no pós-parto.

No dia 18, às 13h, a ação ocorrerá no Cras da Reserva Indígena.

Para o dia 25, no mesmo horário, o encontro ocorre no Cras do Jardim Guaicurus.

A agenda seguirá no próximo mês em centros na sede do município e dos distritos.

De acordo com Michele Alves Machado, o projeto teve como base proposta da professora Margareth Soares, do Hospital Universitário, e foi iniciado por Rosimar Aparecida Osório, da Proteção Básica.

As participantes receberão kit enxoval de bebê, beneficio eventual de natalidade, previsto e assegurado pelo artigo 22 da lei 8742 – Loas (Lei Orgânica da Assistência Social).

O secretário destacou que a ação será um rico momento para as mulheres, bem como para os profissionais envolvidos em poder oportunizar esse momento de conhecimento e troca de experiências, dentro do encaminhamento da prefeita Délia Razuk de levar cuidado a este público, sendo que neste projeto, o conhecimento de toda a equipe e da profissional Margareth será compartilhado em várias regiões da cidade.

"É um grande projeto, vai agregar para as mães, para as crianças, sob a visão de pessoas como a Margareth profissional neste tema e de toda equipe com a sensibilidade de oferecer os melhor para essas famílias, dentro da proposta do Paif e da sensibilidade da nossa prefeita como mãe e mulher de acolhimento as famílias e melhoria da qualidade de vida", disse.

Mais informações podem ser obtidas em contato com a Semas, via telefone: 3411-7742.

Comentários