Fim-fim faz ninho em roupa pendurada no varal

A ave pode ter partido, mas deixou lições e uma expectativa de retorno

Foto: Aline de Carvalho Silvestrini/VCnoTG
Fim-fim faz ninho em roupa pendurada no varal
Ninho no bolso de short jeans no varal surpreendeu a família que pretende manter a peça no local

Um short pendurado no varal foi motivo para uma família atenta à movimentação da natureza se deparar com um presente escondido no bolso. A casa da professora Aline de Carvalho Silvestrini, de Nepomuceno (MG), ganhou novos integrantes no início de 2020 com a instalação de um ninho de um casal de fim-fim dentro do bolso da peça que estava estendida no varal.

Aline conta que um dia apenas foi necessário para que começassem a ver a movimentação das aves ao redor do short. “Meu esposo viu o casal chegando e fez um primeiro vídeo. Logo minha filha Laura se rendeu e não se importou em ficar sem o short. E o casalzinho continuou a trazer os galhinhos”, descreve ela.

Das pesquisas sobre a reprodução das aves, Aline extraiu ainda informações para conseguir ver todo o processo. Descobriu que 14 dias era o período de incubação dos ovos, viu os pequenos filhotes nascerem e apenas um deles se desenvolver plenamente. Até que chegou o momento mais difícil. “A despedida foi um misto de alegria e vazio. Pois meus dias eram observar e cuidar deles. Eu não presenciei o momento do voo, mas já esperava porque já estava bem grandinho e sabia que não ia demorar a ganhar o mundo”, explica.

A ave pode ter partido, mas deixou lições e uma expectativa de retorno. “Minha família ficou toda muito feliz, meus filhos naturalmente passaram a observar o ninho e o comportamento do casalzinho. O short vai continuar no varal para o mesmo casal ou para outro que chegar. Foi um tempo muito lindo, que só me fez acreditar ainda mais na vida, a ter esperança. Agradeço a Deus por ter trazido eles pra tão perto de mim. Agora farão parte da minha história”.

 
 

Comentários