Dourados está entre cidades que mais criaram vagas de emprego em janeiro

Responsável por 12,9% de todas as vagas com carteira assinada, Dourados é a segunda no país, atrás apenas de Vacaria (RS), que responde por 15,26% das 34.313 vagas geradas em janeiro

Depois de aparecer como o município em que mais houve demissões de trabalhadores no ano de 2018, Dourados lidera, junto com a cidade de Vacaria (RS), a lista de cidades que mais criaram vagas de emprego com carteira assinada no primeiro mês de 2019.

Segundo os dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), os dois municípios respondem, juntos, por 28,16% das 34.313 vagas formais abertas durante o mês passado. Os dados foram publicados no site R7, da Rede Record.

O município gaúcho ficou no topo da lista com 5.223 (15,26%) novos cargos após acumular perda de 511 vagas com carteira assinada durante o ano passado. Das novas contratações, quase 97% (5.066) tiveram origem no setor agropecuário.

Segundo lugar no levantamento do Caged, Dourados criou 4.441 (12,9%) postos de trabalho com carteira assinada em janeiro. O saldo positivo foi guiado pelas 4.599 vagas formais abertas pelo setor de serviços.

A posição favorável reforça a justificativa da administração municipal sobre o saldo negativo de 8.462 cargos em 2018, que repercutiu negativamente no início deste ano. À época, a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Rose Ane Vieira, explicou que o elevado índice negativo deu-se em função das demissões da Missão Evangélica Caiuás, que tem sede em Dourados e que contrata profissionais para trabalhar com a saúde indígena em várias localidades do país.

Por conta disso, Dourados apareceu como o município que mais fechou postos de trabalho em 2018, quando, na verdade, as demissões – 5 mil só no estado de Minas Gerais – são de outros estados e foram computadas no CNPJ da Missão Caiuás, cuja inscrição é de Dourados.

NOVAS EMPRESAS

A secretária Rose Ane Vieira informa ainda que outro dado positivo diz respeito ao número de novas empresas em Dourados: 61 no mês de janeiro, “um recorde para início de ano, em comparação a 2017 e 2018”. Naqueles anos foram abertas, respectivamente, 34 e 50 empresas em Dourados. Sem contar ainda 166 inscrições de microempreendedor individual, “o que amplia a oferta de empregos”.

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico, os dados mostram que o ano iniciou com boa expectativa por parte de empreendedores, acreditando na cidade, acreditando no potencial de Dourados, considerando todo um conjunto de situações, como a Lei Geral, que favorece a abertura de novas empresas, além de várias outras características que o município apresenta, enfim, “Dourados apresenta um ambiente favorável, estimulando a abertura de empresas e a geração de emprego e renda”.

OUTRAS CIDADES

De acordo com os dados do Caged, Vacaria e Dourados figuram entre os 2.644 - de 5.659 - municípios brasileiros que terminaram o primeiro mês de 2019 com saldo positivo na geração de empregos.

Entre os demais destaques positivos aparecem Curitiba (PR), São Paulo (SP), Franca (SP), Joinville (SC), Blumenau (SC), Brasília (DF), Sertãozinho (SP) e Maringá (PR), que registraram, respectivamente, 3.534, 3.434, 1.640, 1.580, 1.518, 1.407, 1.373 e 1.227 novos postos formais de trabalho no período.

Comentários