Doação de órgãos em Dourados beneficia mais duas pessoas

Para que toda a captação seja possível, é necessário o trabalho da Cihdott (Comissão Intrahospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante), oficializada em Dourados, na gestão da prefeita Délia Razuk

O Hospital da Vida de Dourados proporcionou na noite desta terça-feira (09), mais uma captação de órgãos. Desta vez foram beneficiadas uma pessoa do Rio Grande do Sul com um rim e, outra de Campo Grande com as córneas.

Os órgãos foram doados por familiares de um senhor de 55 anos, que era morador em Dourados e sofreu um AVE (Acidente Vascular Encefálico) isquêmico. Este é o quarto procedimento de captação que acontece neste ano na cidade.

Todo o processo foi executado por equipes de captação de São Paulo e da OPO (Organização de Procura de Órgãos) da Santa Casa de Campo Grande, com apoio da equipe da UTI-Intensicare e do Centro cirúrgico, do Hospital da Vida.

Para que toda a captação seja possível, é necessário o trabalho da Cihdott (Comissão Intrahospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante), oficializada em Dourados, na gestão da prefeita Délia Razuk.

O gerenciamento de todo esse procedimento é da Sems (Secretaria Municipal de Saúde) e da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), responsável pelo gerenciamento do Hospital da Vida e UPA no município.

 

Foto: Divulgação

Legenda: Equipe responsável pela captação de órgãos no Hospital da Vida

Comentários