Com a ajuda de Barbosinha, produtores de aves pedem inclusão do Programa de Incentivo do Estado

O parlamentar levou ao Executivo Estadual a solicitação para que a cadeia produtiva da avicultura seja incluída no Programa de Incentivo Estadual do Estado do MS

Atendendo demanda da Associação dos Avicultores de Mato Grosso do Sul (Avimasul), o deputado estadual Barbosinha (DEM-MS) se reuniu com o Superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar; da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Rogério Beretta. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira (2).

O parlamentar levou ao Executivo Estadual a solicitação para que a cadeia produtiva da avicultura seja incluída no Programa de Incentivo Estadual do Estado do MS (Proape), semelhante ao que já acontece com a cadeia bovina, através do Precoce MS e suína, por meio do Leitão Vida.

De acordo com a Associação, no último ano (2018), 29 famílias deixaram a atividade por falta de sustentabilidade com o negócio e por não conseguirem atender as exigências legais para produção de aves. Somente em 2019 e expectativa da Avimasul é de que outras 50 propriedades deixem de criar frango no Estado.

Os avicultores também alertam para a dificuldade de adequação da categoria às instruções normativas atribuídas pelo Ministério da Agricultura e pelo Governo do Estado que têm contribuído para inviabilizar a sustentabilidade do sistema de produção atual.

Por entender a problemática vivenciada pelos avicultores no Estado, Barbosinha levou ao conhecimento do Governo o cenário da categoria, estreitando o diálogo e propondo a inclusão desses produtores no Programa de Incentivo. Beretta ouviu a explanação do deputado e comprometeu-se em levar a revindicação ao secretário da Semagro, Jaime Verruck. 

Comentários